Meios de entrada para grandes eventos

Para que todos se aloquem e possam aproveitar tudo o que foi preparado no evento e com o devido conforto, facilidade e praticidade, é necessário que se pense nos métodos de entrada que o evento adotará, pois grandes eventos necessitam de uma organização proporcional ao seu tamanho.

Basicamente, a entrada é o cartão de visitas do evento. É por meio dela que se passa a primeira impressão e, de certa forma, é uma espécie de aperitivo para a organização que o espectador encontrará no interior do evento.

Mas, como se pode realizar a entrada? Há alguns métodos simples e outros tecnológicos para tal.

Por conta disso, neste texto, iremos abordar alguns deles e como esses itens e equipamentos podem facilitar a organização de entrada de seu evento e permitir uma experiência agradável e prática para os espectadores.

A estrutura do evento

Como ponto primordial, é necessário que o evento conte com uma estrutura eficiente para que os ambientes sejam devidamente separados e sinalizados.

Uma Fábrica de estruturas metálicas é a ferramenta que elaborará esses equipamentos que são largamente usados em diversos eventos.

Desde casamentos, até eventos realizados em pavilhões, as estruturas de metal são utilizadas para separar ambientes de forma prática e segura.

No âmbito das entradas, esse item é largamente utilizado para diferenciar as diferentes entradas de setores e para informar com precisão, dados relacionados à isso.

As empresas que trabalham com o aluguel ou venda desses itens, comumente realizam o trabalho de montagem e instalação no local do evento.

Assim, cogite a utilização de estruturas metálicas, tanto para o âmbito interno – na divisão de ambientes – como para o meio externo, situado na orientação da entrada dos participantes do evento.

Cartão Mifare

O Cartão Mifare é um tipo de tecnologia Smart Card (cartão inteligente, em tradução livre) sem contato, desenvolvida em meados do ano de 2006.

Para que você possa entender bem o que ele é, esse item consiste em um cartão de PVC que contém um chip de capacidade pequena de memória e uma antena interna. Esse mecanismo, percebe a aproximação do leitor de cartão, que acontece por meio de campo magnético, que é identificado pela frequência do cartão.

Ele pode ser utilizado em uma série de aplicações. Além de ser um método prático para a entrada em eventos, também pode ser utilizado com algumas aplicações diversas, como:

  • Transporte público;

  • Cartão moeda;

  • Estacionamentos, paquímetros, estações de serviços;

  • Controle de acessos em prédios, órgãos públicos e etc.

Este tipo de tecnologia já se encontra largamente difundida, sendo inclusive aplicada no Relógio de ponto para o controle de horários para funcionários em empresas diversas.

A tecnologia é eficiente. Sua criptografia é devidamente segura e impede o acesso não autorizado das informações ali armazenadas. Isso torna extremamente difícil copiar um cartão como esse.

Como eles são lidos em uma distância de até 10 cm, acabam por sofrer baixo desgaste em comparação com aqueles modelos que necessitam de contato. Para que seja feita a leitura, ele não precisa ser inserido, basta aproximá-lo e o acesso se dará.

Prático, tecnológico e rápido, é um ótimo meio de controle de entrada de eventos de médio e principalmente aqueles de porte gigantesco.

Crachá

O crachá é um idoso no âmbito do controle de entradas. É simples, mas eficiente.

Ainda é muito utilizado em diversos locais e, inclusive, em grandes eventos. A novidade é que agora, a grande maioria dos crachás são também tipos de cartão Mifare, com chips instalados para que haja um controle eletrônico da entrada e saída das pessoas do local do evento.

Pode ser um tipo barato, dependendo do modo que você escolher.

Além das opções já citados, também há o cartão fidelidade. Como prêmio por um consumo prévio, utilizar o cartão fidelidade para dar acesso há algum evento que você está organizando é uma ótima maneira de conquistar o cliente e agradecer pela preferência.

Mas, cabe ainda lembrar que a entrada é o local em que as pessoas terão o primeiro contato físico com seu evento, por isso, os métodos de entrada dos espectadores ao evento são essenciais para definir como será a experiência dele.

Muitas vezes, isso basta para o cliente ter uma impressão boa da organização ou para estragar toda a imagem do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *