Montagem de stands e os materiais utilizados

postado em: Eventos | 0

Muitas empresas participam de algum tipo de evento para fazer a divulgação de seus produtos, como feira, congresso ou alguma exposição. Nesses locais, cada empresa fica localizada em um estande que deve ser super bem planejado para atrair a atenção do público.

Como o fluxo de pessoas nesses tipos de evento é muito grande e são vários estandes um ao lado do outro, alguns detalhes e investimentos específicos no estande da sua empresa podem ser primordiais para conseguir a atenção que você precisa.

montagem de stands para feiras deve ser pensada e planejada com antecedência para que a empresa consiga obter os resultados desejados com aquela determinada ação.

O estande para feiras e exposições funcionam como uma ação estratégica de marketing de um negócio, pois é uma excelente oportunidade para fidelizar o público que já consome o seu produto ou serviço, além de conquistar novos clientes que estão atrás de algo do seu segmento.

Dessa maneira, é importante contratar uma montadora de estandes que realize o trabalho com qualidade, principalmente em relação ao acabamento e materiais.

Além disso, o tipo de mobiliário e o que vai ser oferecido no estande também devem ser alvos de planejamento. O estande deve oferecer soluções que se destaquem em relação aos demais concorrentes presentes no local.

Tipos de estande

Existem alguns modelos de estande que podem ser montados em eventos corporativos.

É importante conhecer as especificidades de cada um para saber qual deles se encaixa melhor nas necessidades do seu negócio naquele momento, como, por exemplo, se possui cobertura metálica ou não.

Entre os modelos de comum utilização, estão:

  • Estande básico;
  • Estande padrão;
  • Estande misto;
  • Estande construído;
  • Estande cenográfico.

O estande básico, como o nome já diz, não possibilita muitas inovações e, por isso, também é o modelo mais barato, construído com sistemas modulares.

O estande padrão também é modular, mas o que diferencia ele do estande básico é o piso elevado que possui um teto pergolado em alumínio.

O estande misto possui tanto elementos modulares como elementos construídos e personalizados para aquela ocasião. Já o estande construído não usa nenhuma peça modular, sendo totalmente personalizado com estruturas de madeira e podem usar até mesmo um mezanino.

Por fim, o estande que recebe mais destaque em feiras é o cenográfico, pois ele não segue nenhum padrão e é muito utilizado para fazer ambientações temáticas.

Dicas para montar um estande

A elaboração do briefing, documento que possui todos os detalhes e informações que devem ser seguidas, é o primeiro passo para idealizar qualquer tipo de evento e participações em algum tipo de evento.

A empresa deve ter bem definido quais são seus objetivos com aquela determinada ação, para que o estande consiga transmitir isso ao público.

É nessa etapa de briefing que a empresa define todo o material de comunicação visual que vai ser usado por ela na ação, como banners, lonas e totens. Televisores e paineis de led são ótimas opções e bastante atrativas ao público.

A escolha do local do estande também é um ponto muito importante. Normalmente, os pontos mais privilegiados na planta do local, em que a circulação de pessoa é maior, são mais caros. Porém, o investimento pode valer muito a pena, pois a visibilidade da marca está em jogo.

Como há uma grande quantidade de estandes do mesmo segmento, é essencial investir em características diferentes que chamem a atenção dos clientes, para que, mesmo de longe, eles reconheçam o seu estande e tenham o desejo despertado de ir até ele. Por isso, invista numa boa estrutura, num formato diferenciado, em cobertura de qualidade, entre outros aspectos.

Use e abuse da criatividade e da identidade visual da sua marca associada a elementos que atraem o público. Uma equipe bem treinada, que tenha conhecimento da marca e saiba como tratar aquele público-alvo também é um ponto muito importante e que merece investimento.

Todos os detalhes de um estande necessitam de planejamento e também de vistoria para que, se algo fugir do planejado, ele possa ser consertado de forma rápida e eficiente.

Por isso, é fundamental investir em bons profissionais que conheçam as rotinas das feiras e exposições e tenham conhecimentos de quais são as estratégias mais usadas no mercado, visando alcançar os resultados que a empresa deseja com aquela ação de marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *