Principais tipos de tendas e stands para eventos

postado em: Eventos, Stands | 0

Eventos podem exigir um planejamento com etapas variadas e muitas vezes complexas. Afinal, desde as estruturas básicas de sustentação até stands, tendas e alimentação, é preciso ter cautela para encontrar os serviços e produtos mais adequados para atender a proposta da ocasião e evitar transtornos.

Nesse contexto, estruturas como um stand ou tenda para festa podem fazer grande diferença para uma ocasião mais segura, confortável e atrativa, porém, conforme será abordado ao longo do texto, há grande diversidade dessas estruturas.

Por exemplo, no caso das tendas para eventos, que são ideais para obter maior proteção e até mesmo para contribuir com a estética, é possível encontrar modelos como os seguintes:

  • Sanfonada;
  • Chapéu de bruxa;
  • Piramidal;
  • Galpão.

Para quem busca por tenda dobravel, a sanfonada pode ser uma solução favorável, principalmente por tornar os processos de transporte, montagem e desmontagem mais fáceis.

A tenda piramidal e a chapéu de bruxa são alternativas tradicionais, porém, o segundo caso conta com um design mais diferenciado. De qualquer forma, ambas são ideais para a proteção contra intempéries e de grande resistência.

Já no caso da galpão, trata-se de um modelo que pode apresentar grande praticidade para a instalação, principalmente por não exigir qualquer tipo de fundação no solo. É uma alternativa de grande visibilidade para palcos, estacionamento e até mesmo para a cobertura de equipamentos.

Conheça opções de stands

Conforme abordado, recorrer aos serviços de empresas de montagem de stands pode reunir diversas vantagens para os eventos, em especial, para os corporativos. Entre os principais modelos dessas estruturas estão: básico, misto e construído.

No caso do stand básico, trata-se de uma alternativa muitas vezes estabelecida como padrão para eventos corporativos e determinadas exposições. Embora possam apresentar dimensões reduzidas em relação aos outros, podem ser favoráveis para atender diferentes propostas.

É possível aplicar nesse primeiro caso móveis como prateleiras, cadeiras, mesa e balcão, além de iluminação embutida por intermédio de spots. Já a estrutura principal, é composta por perfis modulares de alumínio.

O misto é marcado essencialmente pelo custo-benefício, uma vez que há fatores das opções básica e construída combinados.

Dessa forma, embora a estrutura tenha como base sistemas modulados, outros materiais podem ser aplicados para alcançar um resultado que atenda com maior precisão a proposta da marca.

Para uma melhor compreensão, é importante abordar que o stand construído abrange um número maior de materiais quando comparado com outras opções, o que envolve o misto, que é uma variação.

Nesse caso, pode ser constituído painéis e ripas de madeira e ser revestido de formas variadas, como com pintura, plástico e PVC.

Ainda mais, para quem deseja dispor de uma estrutura ainda mais completa, é possível apostar em balcões, vitrines, prateleiras e outros itens com acabamentos mais avançados.

Como criar um stand para feiras?

Um stand pode ter um grande impacto para alcançar maior visibilidade e além dos aspectos estéticos, é preciso ter cautela em despertar o interesse de clientes e investidores em potencial.

Por esse motivo, um dos pilares de maior destaque na criação de stands para feiras é ter uma definição clara das pessoas que serão atendidas e do tipo de evento.

Por exemplo, se é uma oportunidade em que as pessoas podem experimentar determinados produtos ou ter um conhecimento mais amplo dos serviços oferecidos, até mesmo de novidades, pode ser interessante criar um espaço mais confortável e aberto para circulação.

Já quando a proposta do stand é a promoção de um determinado produto,pode ser interessante recorrer a disposição de cada item no espaço de forma que exista um grande destaque, por exemplo, através de prateleiras e vitrines.

Para que seja uma ocasião singular, é importante que exista cautela na disposição dos produtos, mobília, itens de comunicação visual e demais elementos, principalmente para que não se assemelhe a um ponto de venda.

O espaço deve ser sempre respeitado, o que também tem relação com o tipo de distribuição de cada item no local. Caso contrário, a circulação e visibilidade pode ser severamente comprometida e consequentemente, os resultados obtidos pela marca na feira.

Além desses aspectos, uma série de técnicas podem ser adotadas para envolver ainda mais as pessoas, pois além de atrair, é preciso superar as expectativas.

Entre as medidas que podem ser adotadas estão o uso de aromatizantes, sonorização e uso da iluminação de forma que o espaço se torne ainda mais atrativo e promova a sensação de conforto para cada pessoa.

Pode-se concluir que embora sejam estruturas totalmente distintas, as tendas e stands podem desempenhar papéis significativos nos eventos, independente do porte ou finalidade.

Sendo assim, qualquer modelo a ser escolhido deve ser de fato compatível com as exigências e preferências relacionadas a cada caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *