Confira como ter uma festa de formatura de sucesso

postado em: Equipamentos, Estruturas | 1

A festa de formatura é um momento pelo qual estudantes universitários costumam esperar desde o primeiro período da graduação.

Afinal, após anos de esforço para conquistar o almejado diploma, nada mais justo do que comemorar com os colegas e professores que acompanharam a trajetória.

Como qualquer evento de grande porte, esta ocasião deve ser organizada com calma e com um planejamento meticuloso.

Além disso, é altamente indicado que a comissão conte com o apoio de uma empresa especializada que pode auxiliar em diversos aspectos, desde o orçamento até o cerimonial no dia da festa.

Entretanto, isso não é tudo: existem algumas outras práticas a serem seguidas para que o evento seja um sucesso. Confira algumas delas a seguir:

  1. Planeje com antecedência

Infelizmente, algumas turmas se preocupam com o baile de formatura apenas no último ano da graduação, quando começa a contagem regressiva para a colação de grau.

Acontece que isto é um erro grave: eventos de grande porte precisam de cronogramas folgados para que a organização não saia comprometida.

Afinal, os melhores prestadores de serviços (baristas, cenógrafos e chefs, por exemplo) costumam ficar com a agenda lotada com uma certa antecedência. Da mesma maneira, quanto antes for fechado o contrato, mais flexíveis são as condições de pagamento.

Por conta disso, profissionais recomendam que a comissão de organização seja criada cerca de dois anos antes da formatura. Ainda assim, quanto antes, melhor.

  1. Conte com fornecedores de confiança

Festas e eventos só são possíveis graças ao trabalho de diversos profissionais. Alguns dos serviços necessários são:

Sem eles, a ocasião não estará completa. Por conta disso, é fundamental que, antes de que a comissão assine qualquer contrato, seus integrantes se assegurem de que o fornecedor é de confiança. Vale a pena tanto pesquisar a respeito de seu histórico quanto conferir as opiniões de quem já contratou seus serviços.

Neste momento, contar com a assessoria de uma empresa especializada é de grande ajuda. Não apenas estes estabelecimentos conhecem os prestadores de serviços locais, como, também, costumam contratar os mesmos com frequência. Consequentemente, há mais margem para negociar o preço.

  1. Capriche na decoração

Ao organizar uma festa, a principal preocupação do anfitrião é o de oferecer entretenimento, comida e bebida de qualidade.

Isto não está errado, mas é preciso ter outro fator em consideração: a decoração. Afinal, quando ela é bem elaborada, cria-se uma atmosfera agradável e descontraída, fazendo com que o evento seja muito mais divertido.

A boa notícia é que um orçamento baixo para investir na cenografia não significa que ela seja de má qualidade. É possível, por exemplo, contar com um projetor que emita sinais gráficos nas paredes, ou, até mesmo, fotos da turma ao longo do curso

Da mesma forma, um jogo de luzes bem elaborado também pode ser útil. Outra opção de baixo custo são as tradicionais placas divertidas, usadas para tirar fotos. Como formaturas são ocasiões descontraídas, elas são sempre bem-vindas.

Vale ressaltar que, caso haja algum aparato eletrônico que será usado na cenografia, ele deve ser testado previamente no dia do baile. Do contrário, pode ser preciso procurar por um conserto de projetor de última hora, por exemplo.

  1. Tenha um plano B em festas ao ar livre

As festas ao ar livre são uma tendência que está em alta no universo dos eventos. Descontraídas e inovadoras, elas conquistaram o setor e servem de inspiração para todos os tipos de ocasiões – inclusive formaturas.

Entretanto, nesses casos, é sempre necessário contar com um plano B. Afinal, o dia pode ser chuvoso: se não houver uma cobertura, o evento será um fracasso.

Por conta disso, é importante contar com uma instalação que proteja os convidados, por mais que todos os prognósticos sejam de tempo firme.

A boa notícia é que, quase sempre, estes elementos podem ser incorporados ao projeto decorativo sem maiores problemas.

As coberturas metálicas, por exemplo, costumam ser de tons neutros. Consequentemente, funcionam como coringas, que se inserem bem em qualquer projeto de cenografia.

Além disso, dependendo do local onde a festa for realizada, pode ser que ele já tenha uma instalação do tipo pronta para ser usada. Logo, se começar a chover, basta mudar o local da festa para a zona protegida do tempo.]

  1. Jefferson Braga

    Que post massa velho, além de aprender e entender sobre o assunto dá vontade de virar o site inteiro vendo o que mais tem de interessante!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *