Toldo ou cobertura em espaços para eventos?

postado em: Decoração, Equipamentos, Estruturas | 0

Entre os diversos elementos que podem compor um evento o primeiro a ser considerado é a estrutura que será responsável por garantir a segurança e o bem-estar dos participantes. Nesse sentido, seja para uma festa ao ar livre ou para criar uma barreiro em uma área aberta de um buffet contar com itens como o toldo e as coberturas é primordial.

De modo geral, os toldos e coberturas são itens instalados em eventos ou ambientes em que é necessário manter o lugar protegido do sol ou chuva. Ele também é utilizado para manter a temperatura do ambiente estável e agradável ou para trazer uma privacidade social para o ambiente.

No entanto, para a escolha desses produtos é importante tomar cuidado, pois existem alguns detalhes que podem ser considerados caso você procure um toldo ou cobertura ideal, como:

  • Material;

  • Estética;

  • Resistência;

  • Manutenção;

  • Custo.

Assim, é preciso ter total compreensão das necessidades do seu ambiente para poder escolher o item que melhor irá atender as suas demandas.

Para aqueles que estão a procura de luz natural, o toldo é uma ótima ideia, principalmente para ajudar a diminuir os gastos da energia elétrica.

Isso porque ter luz em excesso no ambiente também pode ser uma desvantagem por atrapalhar eventos diários no local, causar mal-estar nos convidados e interferir nas fotografias e filmagens do evento.

Por esse motivo, o ideal é utilizar algo como cortinas e toldos para proteger o ambiente e os participantes.

No mercado, é possível encontrar diversos modelos de toldos. De modo geral, o item é muito utilizado quando tem uma luz solar muito forte, ajudando a diminuir a incidência da luz e manter equilíbrio na temperatura do cômodo.

Assim, cabe destacar que os toldos não são utilizados só em janelas, mas também podem ser encontrados em portas e varandas de vidro, como em espaços de convivência de condomínios.

Qual a diferença entre toldo e cobertura?

É importante não confundir toldos com coberturas e uma das principais diferenças desses itens é a sustentação, definido aspectos como estrutura ou os tamanhos.

As coberturas geralmente são compostas por colunas, deixando o local como se fosse uma passarela ou passagem. Já os modelos de toldos são fixados na parede, como se fosse uma cortina.

Desse modo, muitos toldos ficam fixos na parede como dois braços de sustentação, permitindo uma circulação espaçosa.

Modelos de toldos

O mercado disponibiliza grandes opções desse produto, como já mencionado, obtendo diversos tamanhos ou cores de forma a ser implementado nos mais diversos ambiente.

Justamente por esse motivo, a escolha deve ser feita de acordo com a necessidade de proteção ou estética. Veja alguns modelos desse material:

1. Toldo retrátil

O modelo retrátil, mais conhecido como toldo de enrolar, é mais utilizado em janelas ou sacadas para trazer um bloqueio de luz solar e privatizar o ambiente.

Geralmente, a estrutura é aplicada na parede de modo que a lona pode ser movida de cima para baixo, trazendo uma melhor adaptação para o ambiente.

2. Toldo transparente

Esse modelo funciona de modo semelhante ao retrátil, porém, o seu material é transparente permitindo a entrada de parte da luz natural.

De modo geral, ele é mais utilizado para a proteção de chuvas ou ventos. Assim, o toldo transparente é muito útil por unir aspecto estético com o funcional.

Esse modelo de toldo é mais comumente encontrado em eventos ou ambientes como lojas e piscina, proporcionando um visual agradável e privacidade.

3. Toldo policarbonato

O policarbonato é utilizado tanto no toldo quanto em coberturas, obtendo uma textura alveolar. Esse material é bem sofisticado e possui uma transparência semelhante ao vidro, propiciando elegância e a iluminação natural do local. Esse aspecto é muito benéfico para questões de economia elétrica.

Assim, o toldo policarbonato é uma versão econômica por ser translúcido, além de apresentar baixo custo de compra e manutenção.

O policarbonato é, geralmente, utilizado junto ao filtro UV, protegendo pessoas contra queimaduras solares.

Para realizar a limpeza é recomendado que seja usado somente água e sabão neutro. Geralmente, o policarbonato é instalado em uma base de alumínio, material que pode necessitar de um cuidado na hora da instalação, mas, apresenta alta resistência as intempéries climáticas.

Por que usar coberturas transparentes?

Quando usamos o termo coberturas transparentes, muito conhecida como telha transparente, vem na memória algumas questões como quando utilizar, quais as vantagens ou como é feita a manutenção desse material.

Por este motivo, é interessante abordar demais aspectos e vantagens do material.

A priori, esse modelo costuma deixar qualquer ambiente de evento claro, mantendo o ambiente clássico e aconchegante. Mais ainda, com as coberturas é possível proteger os convidados do sol ou da chuva.

Assim como o toldo em policarbonato, também temos a cobertura do material, sendo um item mais leve e com uma estrutura com um custo menor na instalação.

Outro ponto que vale destacar é que a cobertura transparente se mantém inquebrável e suporta altos impactos.

Neste ponto, é interessante ressaltar que as coberturas podem ser aplicadas em portas, balcões, vitrines, entre outros; recebendo proteções anti-riscos além de apresentar uma limpeza facilitada.

Dicas para limpeza

A limpeza tem que ser feita de forma recorrente e não é recomendado realizá-la sob o sol forte para evitar manchas.

Deste modo, uma dica é utilizar máquinas a jato que possuem bastante pressão. Já para a remoção de tintas sobre a cobertura, pode-se usar álcool e finalizar o procedimento com água corrente. Para evitar riscos use esponjas e panos macios.

Além de garantir uma proteção no ambiente, é possível encontrar uma manutenção segura e barata e, caso seja necessário trocar esse produto, é possível encontrar profissionais de fácil acesso que poderão te ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *